quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Pastores podem ser presos por se recusarem a realizar casamento gay

Quando os homossexuais começaram a receber permissão do governo para se casarem, afirmavam que era o suficiente. Muitos dos líderes desse movimento nos EUA diziam que a cerimônia religiosa não era importante. Pouco a pouco algumas denominações foram cedendo e começaram a realizar casamentos gays.

Agora, a batalha judicial alcançou outro nível nos Estados Unidos. Nas últimas semanas, começou a ser escrito um novo e triste capítulo. Em Houston, Texas, cinco pastores foram intimados pela prefeitura a entregarem seus sermões para uma avaliação, após denúncias de que os pastores estavam pregando “homofobia”.

A prefeita da cidade é homossexual e disse que eles precisam seguir a leis que proíbem a discriminação.

Na pequena Coeur d’Alene, Estado de Idaho, Donald e Evelyn Knapp, um casal de pastores estão sendo processados por se recusar a realizar cerimônias de casamento entre pessoas do mesmo sexo. Se condenados, eles podem pegar seis meses de prisão e pagar multas de até US$ 1.000.

A justificativa das autoridades locais é a violação das leis de “não discriminação”. O caso chegou a um Tribunal Federal e pode ser um marco na batalha entre ativistas pró-LGBT e organizações cristãs que defendem a família tradicional.

Uma delas é a Aliança pela Defesa da Liberdade, cujos advogados estão defendendo os pastores nos dois Estados. O advogado Jeremy Tedesco, que atua no caso do Idaho afirmou que “o governo não deve forçar ministros a agir contra a sua fé, fazendo ameaças de prisão e aplicando multas”.

Tony Perkins, presidente da Family Research Council, que tem dado apoio no caso, afirmou que “está aberta a temporada de caça aos cristãos que se recusam a ceder à redefinição de casamento imposta pelo governo”. No início do ano, uma confeitaria pertencente a um evangélico foi processada após se recusar a fazer um bolo para um casamento gay no Estado do Colorado.

Desde 2013, Coeur d’Alene possui leis que proíbem a discriminação com base na orientação sexual. O procurador da cidade, Warren Wilson, afirmou à imprensa que a igreja é um “local público e está sujeito ao decreto”. Alertou ainda que todos os pastores que atuam na cidade, caso sejam denunciados, serão obrigados a realizar casamentos de pessoas do mesmo sexo.

Como o reconhecimento da legalidade do casamento gay ocorreu este mês no Idaho, o caso tem recebido muita atenção da mídia. Apenas dois dias após ser oficializado, um homem ligou pra Donald Knapp, querendo marcar seu casamento na capela onde o casal ministra há 25 anos. Com a recusa, uma denúncia foi feita e desde então as autoridades municipais se envolveram no caso.

Fonte - Gospel Prime


Benedict Cumberbatch disse que combateria os extremistas "até a morte" para defender o direito de cada um expressar sua sexualidade.

terça-feira, 21 de outubro de 2014

Cristãos de Mossul fogem para Jordânia e contam com ajuda de igrejas

Mossul, a segunda maior cidade iraquiana, foi um dos primeiros alvos do Estado Islâmico fazendo com que milhares de cristãos fugissem deixando para trás todos os seus bens.
Com a presença dos jihadistas e a fuga dos cristãos para a Jordânia, a cidade se tornou “um beco escuro” segundo relatos do empresário Jassam Hanna.

“Homens circulam pelas ruas com espadas. Como isso pode estar acontecendo no século 21? Não há humanidade no Iraque”, disse o cristão de 33 anos que teve toda a propriedade de sua família tomada pelos terroristas.

Abu Suleiman, 60 anos, foi obrigado a deixar para trás tudo que ele conquistou com trabalho. “Eles colocaram uma letra vermelha ‘N’ na minha casa, de ‘nasrani’, que significa cristão em árabe, e declararam que ela era propriedade do Estado Islâmico. Perdi minha loja, tudo o que eu já tive na vida”, disse.

Suleiman e sua família fugiram para a Jordânia assim como outras centenas de cristãos. A maioria, porém, chegou ao novo país apenas com a roupa do corpo e agora contam com a ajuda humanitária de entendidas como as organizações ligadas à Igreja Católica.

Não há previsão de quando os moradores de Mossul poderão voltar para suas casas, John Allen, enviado americano para combater o EI no país, afirmou que a campanha militar pode demorar até um ano para ser planejada.

Fonte - Gospel Prime

Papa prega sobre a volta de Jesus e questiona se cristãos estão prontos

Na última quarta-feira (15) o Papa Francisco realizou a tradicional missa na Praça S. Pedro falando com mais de 30 mil pessoas que estavam no Vaticano para participar da Audiência Geral.

Dessa vez o tema da homília foi a volta de Jesus, quando o líder católico pediu para que os fiéis fiquem atentos, esperando pelo Noivo.

Durante o discurso, Francisco ensinou que a Igreja é a noiva que se prepara dia após dia para encontrar seu Noivo, Jesus. As núpcias não são apenas retóricas, mas um encontro verdadeiro, pois Jesus nos tornou um só através da morte e da ressurreição.

Citando o novo testamento, o papa pediu aos presentes que repetissem a frase “E assim estarem sempre com o Senhor”, dizendo que estas são as palavras mais belas do livro sagrado.

“Palavras simples, mas com uma densidade de esperança muito grande”, afirmou.

Citando o Apocalipse, Francisco aludiu que a noiva é citada como uma cidade, “a nova Jerusalém”, lembrando que a passagem afirma que é preciso que a noiva esteja preparada para o seu noivo.

“Queridos irmãos e irmãs, eis então o que esperamos: a volta de Jesus!”, disse o Papa. “Estejamos atentos”, exortou o Pontífice pedindo para que esta espera seja calorosa e não casada e resignada.

Fonte - Gospel Prime

Nota DDP: O tema da volta de Cristo parece ter entrado na agenda do Vaticano, como nunca antes se viu. Estejamos realmente preparados, primeiro porque CRISTO mandou, segundo porque os sinais a nossa volta parecem realmente indicar que esse dia se aproxima com rapidez e, finalmente, porque o próprio agente da contrafação aparentemente tem agora interesse em tratar do assunto. Lembre-se apenas que antes do CRISTO, o verdadeiro, aparecerá o falso...

A seca do Cantareira é só o começo

Imagine se você pudesse voltar no tempo e alguém te dissesse, 10 anos atrás, que em 2014 o sistema Cantareira iria secar e metade da cidade de São Paulo ficaria sem água. Você acreditaria? Levaria a sério? Ou simplesmente diria, “imagina, que exagero!”.

Agora volte ao presente e imagine a seguinte situação: Um colegiado internacional de pesquisadores, chamado IPCC, produz uma série de relatórios científicos alertando que, nas próximas décadas, se nada for feito para controlar as emissões de gases do efeito-estufa, a temperatura média do planeta continuará a subir; as geleiras das montanhas e o gelo das calotas polares continuarão a derreter; o nível do mar poderá subir até vários metros, alagando milhares de cidades costeiras, causando prejuízos bilionários e deslocando milhões de pessoas ao redor do mundo; a água dos oceanos se tornará mais ácida, com enormes impactos para a biodiversidade marinha; eventos climáticos extremos (tipo ondas de calor, nevascas, tempestades e secas, como a que assola São Paulo neste momento) se tornarão mais frequentes por todo o planeta e o regime de chuvas será profundamente alterado em várias partes do mundo, com impactos potencialmente desastrosos para a agricultura, principalmente nas regiões mais pobres, etc, etc etc … Você acredita? Seria mesmo possível tamanha calamidade global?

Nem precisa perder muito tempo imaginando. Essas previsões são 100% reais, cientificamente embasadas, e muitas dessas perturbações climáticas já estão acontecendo bem diante dos nossos olhos. Muitas vezes é difícil percebê-las como um fenômeno sistemático, pois elas ocorrem de maneira espalhada no tempo e no espaço, ao redor do mundo. Uma inundação ali, uma seca aqui, uma onda de calor mais acolá … e assim a humanidade segue em frente, sobrevivendo e lidando com cada um desses eventos isoladamente, como se fossem apenas mais um ponto fora da curva e tudo fosse voltar ao normal no ano seguinte.

Pode ser que volte mesmo, pois há muita variabilidade natural no clima. Mas também pode ser que não. Cada vez mais, as previsão do IPCC, muitas vezes chamadas de “exageradas”, parecem bater à nossa porta, apontar o dedo para nossa cara, e dizer: “eu avisei!”.

A maneira um tanto bizarra e calamitosa como o clima vem se comportando no Brasil recentemente se encaixa como uma luva no roteiro de mudanças previstas pelos cientistas nacionais para as próximas décadas — com seus efeitos exacerbados pela degradação dos ecossistemas naturais, pelo desmatamento, pela ocupação desordenada do solo e pelo descaso dos governantes com as questões ambientais mais básicas, como a gestão dos recursos hídricos dos quais dependemos para a nossa qualidade de vida e sobrevivência.

Não que a seca do Cantareira seja culpa do aquecimento global. De maneira nenhuma. Ela é resultado de uma combinação de fatores climáticos e humanos, que se somaram em condições extremas para produzir um resultado desastroso. O problema é que essa combinação desastrosa de transformações climáticas com a inércia da incompetência humana vai se tornar cada vez mais frequente, se não nos prepararmos adequadamente para os outros 5 bilhões de seres humanos e as mudanças climáticas ainda mais acentuadas que estão por vir.

Para aqueles que ainda têm alguma dúvida se a mudança climática é um problema real, ou sobre o impacto desastroso que ela poderá ter sobre as nossas vidas, basta olhar para o volume morto do Cantareira ou para o leito seco e empoeirado do Rio São Francisco em Minas Gerais — como mostrou reportagem do Estadão neste domingo — para procurar respostas.

A grande pergunta que está atolada no fundo do poço é a seguinte: Vamos pagar pra ver se vai chover, como fez irresponsavelmente o governo de São Paulo, esperar a água do mar bater nas nossas canelas e engolir o calçadão de Copacabana para levar o aquecimento global a sério? Ou vamos começar a nos mexer agora, para não pagar uma conta ainda maior no futuro? O IPCC pode estar em errado em um monte de coisas, mas se estiver correto em metade delas, já estamos em apuros.

Alguém avise ao Sr. Luiz Pereira, da foto, que a solução, infelizmente, não vai cair do céu.

segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Alguma coisa está acontecendo com o mundo e essas 20 imagens mostram isso

Muitas pessoas se recusam a acreditar que o clima do planeta Terra está mudando, e mais rápido do que gostaríamos. E essas 20 imagens de satélite revelam parte dessas mudanças.

Embora você possa discordar sobre o motivo de tais mudanças, é inegável que elas estão acontecendo.

Confira:

1) Seca – Lago Powell, Arizona / Utah, EUA


2) Incêndios – Califórnia


3) Inundações – Camboja


4) Furacões – Filipinas


5) Mortes massivas de peixes – Indonésia


6) Derretimento de geleiras – Antártida


7) Lago – Novo México, EUA


8) Incêndio – Colorado, EUA


9) Lago – Iraque


10) Lago Meade, Nevada


11) Desmatamento – Quênia


12) Inundações – Uganda


13) Derretimento de gelo – Equador


14) Derretimento de geleiras, Antártida


15) Seca – Califórnia, EUA


16) Desmatamento – Argentina


17) Derretimento de geleiras – Chile


18) Lago – Argentina


19) Desmatamento – Brasil


20) Derretimento de geleiras – Ártico


sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Bombardeios de regime sírio matam mais de 15 nos arredores de Damasco

Pelo menos 15 pessoas morreram nesta sexta-feira, 17, entre elas três menores de idade, por bombardeios das forças do regime sírio em uma cidade dos arredores de Damasco, informou o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

A ONG especificou que os aviões governamentais efetuaram oito ataques contra a cidade de Duma, situada na região de Guta Oriental, principal reduto rebelde nos arredores da capital. O Observatório não descartou que o número de vítimas possa aumentar devido aos feridos e outros que se encontram em estado grave.

Em declarações à Agência Efe pela internet, o ativista opositor Hassan Taquiedin elevou o número de mortos para 18, “a maioria mulheres e crianças”, e que alguns explosivos impactaram diversas casas.

Vídeos divulgados por rebeldes na internet mostram o resultado dos bombardeios com residências destruídas e cheias de escombros. Em uma das gravações é possível ver um avião sobrevoando Duma pouco antes de lançar um projétil.

Pelo menos 22 pessoas perderam a vida na quinta-feira em um ataque similar contra a cidade de Yisirin, também em Guta Oriental, segundo o Observatório.

A ONU anunciou na quinta-feira que o número de mortos no conflito sírio já passa de 200 mil pessoas. Um relatório com mais detalhes deverá ser divulgado em breve.

Fonte - Visão Nacional

quinta-feira, 16 de outubro de 2014

Mundo tem 60 dias para frear epidemia de ebola, avisa ONU

São Paulo – Até o final desta semana, o planeta atingirá a marca de 9 mil casos deebola e 4.500 mortes. A informação foi revelada pela Organização Mundial da Saúde (OMS), em uma reunião que aconteceu nesta manhã.

A batalha do mundo contra a pior epidemia já registrada desta doença ganhou novos contornos nesta semana, depois que a Organização das Nações Unidas (ONU) emitiu alertas preocupantes sobre a seriedade da situação e disse que os esforços atuais da comunidade internacional “não são suficientes.”

“Ou paramos o ebola agora ou enfrentaremos uma situação sem precedentes e para a qual não temos um plano”, alertou Anthony Banbury, chefe da missão da ONU que se dedica ao combate da doença.

Ainda segundo ele, considerando o início de outubro, o mundo tem 60 dias para colocar 70% das pessoas infectadas em tratamento e 70% dos mortos enterrados de forma adequada. Caso contrário, a quantidade de novos casos aumentará e sobrecarregará a capacidade de resposta que é possível promover hoje.

Novos casos

No início da semana, a OMS revisou as estimativas futuras sobre a epidemia e prevê que, até o final do ano, podem ser registrados entre 5 mil e 10 mil novos casos por semana. O aumento é significante, especialmente considerando que atualmente a incidência está na casa de mil.

“Levará meses antes que seja possível frear esta epidemia. Enquanto isso, temos que garantir que a doença não se espalhe para outros países”, declarou uma porta-voz da OMS na reunião desta quinta-feira.

Portanto, a entidade decidiu endurecer os esforços para conter os avanços do ebola em 15 países considerados prioritários: Costa do Marfim, Guiné-Bissau, Mali, Senegal, República do Benim, Burkina Faso, Camarões, República da África Central, República Democrática do Congo, Gâmbia, Gana, Mauritânia, Nigéria, Sudão do Sul e Togo.

Ebola fora da África

A segunda quinzena de outubro começou com o surgimento de novos casos de ebola em diferentes partes do mundo.

Nos Estados Unidos, por exemplo, uma segunda enfermeira teve o diagnóstico confirmado da doença. Amber Vison trabalhou com Nina Phan, a primeira contaminada, no caso de Thomas Duncan, o liberiano que faleceu em decorrência do ebola no Texas há alguns dias.

Já na Espanha, uma enfermeira está isolada para tratamento e 15 pessoas que tiveram contato direto com ela encontram-se internadas. Há ainda 68 pessoas em vigilância.

Fonte - Exame

quarta-feira, 15 de outubro de 2014

Cidade do Texas aprova leis que analisam sermões de pastores contra gays e enfrenta críticas

RIO - Houston, a quarta maior cidade dos Estados Unidos, vive uma batalha nos tribunais que pode indicar como o país deve se comportar no futuro em relação aos direitos homossexuais e transgêneros. O alvo da disputa são leis em vigor desde junho deste ano preveem o exame de sermões de padres e pastores para saber se eles discriminam o público LGBT em todo o Texas. As normas agora estão sendo contestadas na justiça pelos religiosos.

As leis foram parcialmente aprovada em junho por Annise Parker, prefeita de Houston que é lésbica, mas encontrou forte oposição nos círculos religiosos. Líderes de igrejas formaram uma coalizão chamada Alliance Defending Freedom (ADF), que entrou com uma ação contra a cidade e a própria Parker. Um escritório de advocacia que representa quatro pastores argumenta que as medidas são "demasiado ampla, demasiado morosos, ofensivo e vexatório".

A advogada Christina Holcomb chegou a tachar as normas municipais de "uma inquisição projetada para abafar qualquer crítica".

- Comentário político e social não é um crime. Ele é protegida pela Primeira Emenda - disse ela ao jornal inglês The Independent.

Membros da ADF argumentam ainda que a cidade está exigindo que pastores que nem fazem parte do processo entreguem seus sermões e outras comunicações para saber se eles estão fazendo críticas ao poder municipal.

- Vereadores deveriam ser funcionários públicos, e não senhores do 'Big Brother' que não toleraram a dissidência ou desafio. É uma caça às bruxas, e estamos pedindo ao tribunal para colocar um fim a isso – afirmou o advogado Erik Stanley.

A prefeita Annise Parker vive desde os anos 1990 com Kathy Hubbard, parceira com quem tem dois filhos adotivos. Parker assumiu o cargo no Texas em 2009:

- Esta eleição mudou o mundo para gays, lésbicas, bissexuais e transgêneros comunidade.

Fonte - O Globo

quinta-feira, 9 de outubro de 2014

Papa reforça apelo em favor da união das igrejas


O ecumenismo é a meta

[Meus comentários seguem entre colchetes e no fim da matéria. - MB] O papa Francisco apelou [ontem] às orações dos católicos pelos trabalhos do Sínodo dos Bispos sobre a família, a decorrer no Vaticano, e recordou as pessoas que vivem situações de maior dificuldade. “É um momento importante da vida da Igreja, para o apoio às nossas famílias que muitas vezes são feridas e provadas de muitas formas. Que Deus vos abençoe e abençoe as vossas famílias”, declarou, durante a audiência pública semanal que renuiu milhares de pessoas na Praça de São Pedro. A habitual catequese foi dedicada ao tema do ecumenismo e da necessidade de comunhão entre as várias Igrejas cristãs, tema que levou o papa a fazer uma revelação pessoal. “Hoje, faz 70 anos que fiz a Primeira Comunhão. Fazer a Primeira Comunhão, todos nós devemos saber que significa entrar em comunhão com os outros, em comunhão com os irmãos da nossa Igreja e também em comunhão com todos os que pertencem a comunidades diferentes, mas que acreditam em Jesus”, disse, de improviso. “Agradeçamos ao Senhor pelo nosso Batismo, agradeçamos ao Senhor pela nossa Comunhão, para que esta comunhão acabe por ser de todos, juntos”, acrescentou.

Francisco pediu que os cristãos não se resignem ou fiquem indiferentes perante as divisões entre igrejas e comunidades cristãs, para que “se possa e se deva caminhar na direção da reconciliação e da plena comunhão”. Segundo o papa, por trás dessas divisões estão “asoberba e o egoísmo” que tornam as pessoas “intolerantes, incapazes de escutar e de aceitar quem tem uma visão ou uma posição diferente”. [Note que o papa insiste na tese daintolerância e do fundamentalismo por parte daqueles que não concordam com a união de igrejas, justamente pelo fato de que essa união pressupõe a aceitação de dogmas antibíblicos. Ele chama também os antiecumênicos de soberbos e egoístas. Como não detestar esse povo?]

“Durante o seu caminho na história, a Igreja é tentada pelo maligno, que procura dividi-la, e infelizmente foi marcada por separações graves e dolorosas”, afirmou. Nesse sentido, Francisco apelou ao diálogo e à oração comum, destacando a importância do “ecumenismo espiritual”. “Caros amigos, vamos agora em frente rumo à plena unidade. A história nos separou, mas estamos a caminho rumo à reconciliação e à comunhão”, referiu. [...] [Na verdade, não foi a história que separou a igreja, foi a adoção por parte da Igreja Católica de dogmas antibíblicos como a veneração dos mortos e dos santos, o inferno eterno e imediato após a morte do pecador, a observância do domingo como dia de repouso, a intercessão de Nossa Senhora, a concessão de perdão por parte de homens e, o que mais indignou Lutero, a cobrança de indulgências. Essas coisas e outras mais causaram a cisão na igreja, originando a Reforma Protestante. Infelizmente, muitos protestantes estão abrindo mão do sola scriptura para atender ao apelo do papa, reduzindo o Protesto a uma questão apenas, e ignorando tudo o mais.]

“Peço vossa oração para que cresçam a solidariedade e a colaboração entre os cristãos, dando ao mundo um testemunho comum de Jesus Cristo morto e ressuscitado por todos! Que Deus vos abençoe! Obrigado”, declarou. [...]

(Agência Ecclesia)

Nota Criacionismo: De fato, Jesus, em João 17, orou pela unidade dos cristãos. Mas essa unidade deve ser em torno dEle, que é a verdade. O que tornará esses cristãos “um só rebanho” é o fato de seguirem o único Pastor e serem fiéis aos Seus mandamentos, à Sua Palavra. Portanto, será um grupo de crentes unidos pelo amor à verdade e pelo amor de uns para com os outros, em perfeita unidade de doutrina e crença. O ecumenismo enfatiza a solidariedade e minimiza a verdade bíblica. Não importa em que você creia; o importante é se unir à maioria e reconhecer a liderança do pastor de Roma.

terça-feira, 7 de outubro de 2014

A carismatização do adventismo - Pr. Douglas Reis

sexta-feira, 3 de outubro de 2014

"Eventos Proféticos" - Setembro-2014

"Eventos Finais" - Pr. Samuel Ramos

segunda-feira, 29 de setembro de 2014

A Lição da Escola Sabatina - 4° Trimestre 2014

Esta área do blog concentra os links disponíveis e mais acessados para o estudo semanal da Lição da Escola Sabatina, o que é feito de forma a incentivar os que não têm o costume de estudá-la, a passarem a fazê-lo e, aos que já fizeram disso um hábito, continuar com esta excelente opção.

Os temas que temos estudado nos últimos trimestres demonstram de forma muito clara como Deus continua na condução de Seu povo e, especialmente, como é necessário estarmos atento às Suas mensagens.

"Os servos de Cristo não devem preparar determinado discurso para apresentá-lo quando forem levados a juízo por causa de sua fé. Devem preparar-se dia a dia, entesourando no coração as preciosas verdades da Palavra de Deus, alimentando-se dos ensinos de Cristo e fortalecendo sua fé pela oração; então, quando levados a juízo, o Espírito Santo lhes trará à lembrança as verdades que hão de alcançar o coração dos que as ouvirem. Qual relâmpago, trar-lhes-á Deus à memória, justo quando for necessário, o conhecimento obtido mediante diligente exame da Palavra divina." Conselhos Sobre a Escola Sabatina, pág. 41.

Related Posts with Thumbnails